Seja bem-vindo ao nosso site.

14/11/2020 - Reunião Cultural

Reflexões sobre o filme: “Invasões Bárbaras” (“Les invasions barbares”), Sonia Novaes de Rezende.

REUNIÃO CULTURAL

Reflexões sobre o filme: “Invasões Bárbaras” (“Les invasions barbares”).
Canadá/ França, 2003.
Direção: Denys Arcand.
Com: Rémy Girard, Stéphane Rousseau, Dorothée Berryman, Louise Portal.
Prêmios: Oscar de Melhor Filme Estrangeiro e melhor diretor; César de Melhor Filme; Prêmio de interpretação feminina,2003: Marie-Josée Croze; César de Melhor Diretor.

O filme é, implacável, radical, bem humorado, esperançoso e até mesmo romântico. Mostra-nos sobriamente o quanto é possível e urgente, a necessidade da busca de sentido, como uma saída digna da barbárie! Por tudo isso é o espelho profundo e generoso da contemporaneidade.

É também um filme que fala de todas as “invasões bárbaras “o terrorismo, o câncer, a droga dição e o tráfico, as instituições decadentes na contemporaneidade, com destaque às políticas de saúde pública etc.

Assistir e refletir sobre esse clássico é de grande importância para todos nós que trabalhamos com famílias, com o sofrimento psíquico em geral e em particular com a humanização dos cuidados psicoterápicos na clínica de fim de vida!

Sonia Novaes de Rezende
- Psicóloga;
- Psicanalista em consultório particular;
- Foi professora da Universidade do Québèc (Canadá;
- Docente do Departamento de Psicologia Médica e Psiquiatria da Faculdade de Ciências Médicas (FCM), da UNICAMP (aposentada);
- Professora das disciplinas de Clínica Psicanalítica da Extecamp (FCM) UNICAMP. Publicou artigos e ensaios em livros e periódicos diversos. Organizadora com Bernardo Tanis do livro “A Trama das Cidades”, Ed.  Casa do Psicólogo (2009).